Comitê Municipal de Mobilização e Combate ao Mosquito Aedes aegypti realiza reunião para discutir ações de combates

São representantes dos variados segmentos da comunidade, unidos no objetivo de discutir ações de enfrentamento à dengue e outras doenças.

Os membros do Comitê Municipal de Mobilização e Combate ao Mosquito Aedes aegypti – Dengue, Chikungunya, Zika e outros, reuniram-se, na tarde de ontem terça-feira (29 maio), na Secretaria Municipal de Saúde.

A reunião ordinária mensal, foi convocada pelo presidente do Comitê, Ocimar Rufino (Secretário Municipal de Saúde), estiveram presentes representantes do Hospital Evangélico as Enfermeiras Ligia e Raquel, Hospital São Vicente de Paulo, irmã Rejane; Regulação (SMS) Edna; Coordenador da Vigilância Ambiental (Endemias) Marcelo; Coordenador da Vigilância Sanitária, Rossilon; Coordenação Geral, Dalete; Coordenadora de Epidemiologia, Renata Suelem; Conselho Municipal de Saúde, Jader Assis; Coordenadora de educação Permanente/Continuada, Patrícia Ferreira; Coordenador da Atenção Primaria, Aureliano; membros que oficialmente constituem o Comitê.

A criação do Comitê e finalidade, assim como a sua formação representativa, estão legalmente fundamentados no Decreto nº 138, de 01 de Agosto de 2017, com a finalidade específica de discutir ações e propor estratégias de enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika. Nessa reunião elegemos novos membros do Comitê.

A formação e instituição do referido Comitê se deve à “necessidade da realização de um trabalho informativo e preventivo no combate à Dengue, Chikungunya e Zika e controle dos vetores”.

REUNIÕES

As reuniões são mensais e/ou quinzenais e procuramos manter todos os representantes do Comitê sempre bem informados sobre as doenças e sobre o trabalho realizado para controle da Dengue, Chikungunya e Zika. Nas reuniões também são apresentadas e discutidas propostas de novas ações que se tornem necessárias para a mobilização de toda a sociedade no enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti.

Ao mesmo tempo, a reunião do Comitê é uma forma de “darmos satisfação à comunidade sobre o trabalho que realizamos na prevenção e combate ao mosquito, vetor das doenças ”, disse a Coordenadora de Epidemiologia Disse, Renata Suelem.

“São relatadas as ações das nossas equipes de Agentes de Combate às Endemias, bloqueio químico, palestras nas escolas, entre outras ações”, ressaltou o Coordenação do Comitê Renata.

Após as apresentações, são realizadas as discussões sobre o assunto apresentado em busca de soluções conjuntas entre o Poder Público e a população. Cada membro do Comitê emite opiniões e sugestões para melhoria das ações de combate, seja na comunidade em geral, ou mesmo nos seus respectivos ambientes de trabalho.

A intenção é sensibilizar os moradores para que percebam a importância de fazer parte desta luta. É necessário que todos colaborem eliminando de suas casas qualquer tipo de material que possa acumular água e se tornar criadouro do mosquito. E que levem essa conscientização para as pessoas, no ambiente de trabalho, para os vizinhos, e reforcem suas ações.

Compartilhe